2 de março de 2024

MEGABYTE

Notícias, Dicas e Tutoriais do Mundo da Tecnologia.

o que fazer após suas informações terem vazado?

Leia em 2 minutos
o que fazer após suas informações terem vazado?


Já imaginou você ter sido alvo de um ataque cibernético e nem saber desse acontecimento horrível? Bom, isso aconteceu com cerca de 13 milhões de usuários do Bilhete Único, cartão fornecido pela empresa responsável de cuidar do transporte público em São Paulo, a SPTrans.

Há pouco, houve uma divulgação relacionada a um vazamento de dados que ocorreu durante o período de pandemia  — mais especificamente no ano de 2020.

Porém, a informação apenas chegou ao conhecimento do público no dia 23, sexta-feira. Que “grande” presente de Natal, não é mesmo?

Mais informações sobre o que aconteceu

A SPTrans revelou que, em média, foram 13 milhões de pessoas afetadas e que tiveram seus dados compartilhados com cibercriminosos, responsáveis pelo feito.

Dentre as informações roubadas, estavam nomes, CPF, endereços, senhas que pertenciam ao portal de serviço da companhia e muitos outros detalhes informativos.

Devido à divulgação do ocorrido, a polícia já foi acionada pela empresa e alegou que, em poucos dias, os indivíduos que foram alvos desse ataque seriam notificados por meio de um e-mail.

O grande conselho fornecido pela polícia, após ficar ciente do que havia ocorrido, foi pedir que todos troquem suas senhas e coloquem opções mais seguras. Para fazer isso, basta entrar no site da SPTrans.

O plano dos cibercriminosos

Acredita-se que a ideia desenvolvida pelos criminosos é usar os recursos e informações colhidas para conseguir se passar por determinada pessoa e, assim, ter êxito em golpes. Abaixo, há algumas ideias do que os hackers conseguiriam realizar com as informações vazadas:

  • Clonar o WhatsApp (indo em direção aos seus contatos e solicitar transferência para seus contatos);
  • Abrir uma conta e pedir um cartão de crédito;
  • Abrir uma companhia;
  • Retirar o valor pertencente as contas do FGTS.

O que devo fazer agora?

Bom, se você foi notificado pela companhia de que suas informações foram compartilhadas, o melhor a fazer é mudar sua senha e seguir as demais dicas:

  • Não clique em nenhum link desconhecido que você recebeu por e-mail, ou até mesmo por SMS;
  • Fique de olhos abertos com novas tentativas, afinal sua senha foi compartilhada.
  • Analise, constantemente, suas informações bancárias e notifique a agência assim que perceber anormalidades;
  • Veja se não há nenhuma conta ou empréstimo feito em seu nome no serviço do Banco Central.
  • Verifique se não há um número telefônico em seu nome;
  • Entre em sua conta do FGTS e veja se está tudo em ordem.
Copyright © Todos os direitos reservados. | Newsphere by AF themes.