28 de maio de 2024

MEGABYTE

Notícias, Dicas e Tutoriais do Mundo da Tecnologia.

Produção de gasolina sem petróleo começa a avançar; Saiba mais!

Leia em 2 minutos
Produção de gasolina sem petróleo começa a avançar; Saiba mais!

[ad_1]

Uma nova opção de combustível está surgindo no mercado. Sustentável e estudada por longos anos, agora existe uma gasolina que não contém petróleo em sua composição. Em breve, esse combustível sintético estará apto para tomar conta do mercado.

Por não fazer uso do petróleo, estima-se que o valor possa ser mais em conta em alguns lugares. Contudo, será preciso aguardar a comercialização do produto para confirmar essa informação.

Há algum tempo, a gasolina sintética começou a ser vista como uma possibilidade. A produção estava em escala de testagens e experimentos, e ainda não contava com a fabricação em larga escala.

No entanto, no dia 20 de dezembro do ano passado, em Magalhães, ao sul do Chile, foi instalada a primeira fábrica para que a gasolina sintética começasse a ser produzida.

Combustível sintético: parceria conta com a Porsche

Esta é uma operação pensada em consórcio entre a Porsche, Siemens Energy, Hif Global e outras grandes empresas. Inclusive, a Porsche havia comunicado que haveria a produção dos combustíveis sintéticos.

Esse novo combustível pode ser denominado como elétrico ou eletro combustível e o motivo está na sua composição. Para a fabricação desse combustível é utilizado o “Haru Oni”, uma planta que tem a combinação de água, CO2, energia elétrica, gasolina neutra e e-Metanol. A base principal para que a gasolina seja sintetizada é o hidrogênio.

A Siemens Energy anunciou que deve produzir cerca de 130 mil litros do combustível em 2023, durante o processo inicial. A estimativa é de que o projeto comece a crescer de forma gradual, até que seja atingida a produção de 55 milhões de litros anualmente. Até 2027, a fábrica poderá produzir cerca de 550 milhões de litros de combustível sintético.

Há um potencial enorme para a produção de energia renovável na Patagônia, e esta é a justificativa pelo qual o sistema foi implantado lá. Há fortes ventos na localidade, capazes de gerar cerca de três vezes mais energia do que, por exemplo, na Europa. A fabricação do combustível garante que sua qualidade é completamente sustentável.

[ad_2]

Copyright © Todos os direitos reservados. | Newsphere by AF themes.