21 de fevereiro de 2024

MEGABYTE

Notícias, Dicas e Tutoriais do Mundo da Tecnologia.

usuários gastam mais em streaming e shows

Leia em 3 minutos
usuários gastam mais em streaming e shows


Um estudo recente elaborado pela Luminate e encomendado pelo TikTok desvendou uma estreita ligação entre o uso do aplicativo de vídeos curtos e o aumento significativo de gastos relacionados à música.

O relatório ‘Music Impact’ mergulhou nos dados de consumidores dos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Brasil e Indonésia, no período de 1º de julho de 2022 a 30 de junho de 2023.

A pesquisa foi concebida com o propósito de avaliar o impacto do TikTok na indústria fonográfica, ao focalizar a descoberta de novas canções e sua contribuição para a receita do setor.

TikTok impulsiona serviços de streaming

Usuários do TikTok são mais propensos a gastar com música – Imagem: Shutterstock/Daniel Constante/Reprodução

Os resultados da análise revelam que os usuários do TikTok estão mais engajados em plataformas de streaming de música.

No Brasil, por exemplo, surpreendentes 92% dos usuários do TikTok utilizam algum serviço de streaming, o que ultrapassa os 84% da média nacional.

Além disso, a pesquisa demonstra que os adeptos da plataforma de vídeos curtos têm uma probabilidade 37% maior de pagar por streaming musical em comparação com o consumidor médio.

A descoberta de novas canções é uma marca registrada dos usuários do TikTok. Aqui, a probabilidade de conhecer novos hits é 28% superior à média do consumidor comum. Isso indica um papel significativo do aplicativo na introdução de novos sons aos ouvidos do público.

Além disso, esses usuários mostram uma inclinação maior para apreciar músicas internacionais do que a média dos ouvintes. A preferência por artistas globais também se reflete na configuração das contas em plataformas de streaming.

No Brasil, 64% dos usuários do TikTok priorizam o acesso a artistas internacionais ao se cadastrarem nesses serviços.

Para além da descoberta de músicas e do aumento no uso de plataformas de streaming, o TikTok exerce impacto na indústria musical ao impulsionar a participação do público em eventos ao vivo e a compra de produtos de artistas.

O relatório destaca que mais de um terço dos adeptos da plataforma, em cada mercado analisado, participaram de eventos musicais ao vivo nos últimos 12 meses. Além disso, mais de um terço realizou compras de produtos de artistas durante o mesmo período.

No Brasil, 59% dos usuários do TikTok compareceram a eventos de música ao vivo, o que supera os 47% dos ouvintes de música em geral.

Quanto às compras de itens de artistas, 49% das pessoas no TikTok adquiriram tais objetos, enquanto a média entre os ouvintes de música em geral foi de 35%.

O público do TikTok também se destaca por seu engajamento em compras relacionadas à música, inclusive formatos físicos, cartões-presente e assinaturas premium.

No Brasil, o gasto com cartões-presente é quase o dobro em comparação com os demais países, e o público brasileiro que acessa o TikTok gasta 23% a mais em compras musicais do que o consumidor comum.

A confiabilidade do relatório é respaldada por entrevistas realizadas com consumidores dos países selecionados, isso garante uma representatividade abrangente em termos de idade, gênero e geografia da população. No Brasil, 1,5 mil pessoas foram entrevistadas, 572 eram usuárias do TikTok.

Em síntese, o app de vídeos curtos não apenas conduz à descoberta musical, mas também se revela como um catalisador para um aumento expressivo nos gastos do público em experiências musicais.

O aplicativo, além de reconfigurar a paisagem musical, impulsiona uma nova era de engajamento e interação dos fãs com a indústria fonográfica.

Copyright © Todos os direitos reservados. | Newsphere by AF themes.